Pelo Direito de Brincar em Tempos de Covid-19 no Complexo da Maré


Gente querida e solidária,


Dando continuidade às campanhas que temos desenvolvido no Complexo da Maré, queremos trazer agora a necessidade urgente de alimento para a alma das crianças que vivem ali. Contamos com seu apoio, divulgando e ou fazendo doações.


Este é um movimento pelo direito de brincar para um grupo de crianças da Maré. Já conseguimos apoios para cestas de alimentos, e agora queremos facilitar a brincadeira como ferramenta educacional e de autoexpressão, para favorecer a convivência entre crianças e adultos, visto que as aulas presenciais neste território devem demorar mais a retornar!


As crianças estão praticamente 24h em casa ou brincando pelas ruas de uma favela - é para este grupo que queremos oferecer um brincar transformador, que apoia as crianças e as famílias que estão convivendo com o aumento de todos os tipos de violações de direitos que já aconteciam ali: casas sem acesso à água, perda de trabalho formal/ informal, falta de internet e as violências do cotidiano com esta convivência ampliada, inédita na vida das pessoas!


Com a campanha será possível oferecer materiais que estas crianças não têm acesso: brinquedos comuns da infância, lápis de cor e canetinhas são um luxo neste cotidiano...

A ideia é fazer chegar estes e outros materiais que permitam desenhar, criar fantasias, máscaras, teatros... além de jogos para divertir a mente, contribuindo para as aprendizagens formais e desenvolvimento do espírito cooperativo nas famílias.


Estamos trabalhando com a ideia de fazer entregas de materiais de setembro a novembro, quem sabe conseguimos mais! Vamos ver!?


Mil beijos!

Inês Cristina de Mare e Equipe Nenhum a Menos , Rede de Luz e Instituto Cy.