Primeiro Juremar Yaci Uaruá do ano em Curitiba

Nos próximos dias 27,28 e 29 de março, estarei de volta em Curitiba para ritualizar com vocês mais um Juremar Yaci Uaruá. Neste espaço dimensional que nos conecta com a nossa ancestralidade, as danças da Mandala Florestal nasceram num parto fácil e amoroso iluminando em nós o raio feminino do destemor, uma memória adormecida no nosso DNA que nos conecta com a sabedoria nativa brasileira. Nossos mitos revelam e dinamizam forças aliadas arquetípicas que habitam a selva da nossa alma.

O ritmo, a musicalidade e a dança, são linguagens expressivas importantes no padrão de consciência matriarcal, onde o espírito-lua que celebra os ciclos e a impermanência se sobrepõe ao ego cristalizado e individualista. Sigamos juntas , de mãos dadas , olhos nos olhos em direção a mudança que queremos ver no mundo.

Ament!